sexo grátis sexo grátis sexo grátis
sexo grátis sexo grátis
   | Início 24 de Abril de 2014 

 

Contos Eróticos
Última actualização em 24 de Abril de 2014
Hoje no contos eróticos do fode-me há contos. Para outros conteúdos porno, visita a página inicial.
Adicionar aos Favoritos   O Fode-me como página inicial   Enviar E-Mail   RSS: Actualizações do Fode-me


Canal Contos Eróticos
Mais Recentes
Mais Votados
Mais Lidos


Categorias
Todos os Contos


Contos Adultos: Pai E Tio



Data de Entrada Leituras Tags Votação
2009-03-16 18:38:15 31028 vezes Pai e Tio
Avalia este conto:
18 votos


Pai E Tio

Meu nome é Angel, tenho 1* anos, sou loira olhos verdes, cabelos longos e lisos, seios médios e durinhos, cintura fina, coxas grossas, bundinha empinada, sou a ninfetinha safadinha do meu paizinho!

Titio vai ficar duas semanas com a gente e ele é perfeito para realizar uma das minhas fantasias sexuais, e é sobre a realização dela que vou contar hoje pra vocês...

Com certeza papai contou alguma coisa pro tio Henrique, ele não costumava me olhar com cara de safado e nem tinha esse brilho estranho no olhar, mas sabe eu estou gostando muito, adoro que os homens me olhem assim, e titio é muito gato, seis anos mais novo que papai, mas muito parecidos!

Papai tinha saído pra resolver um problema e mamãe como sempre estava no trabalho, cheguei da escola e titio estava no sofá assistindo tv, fui para meu quarto, tomei um banho, coloquei uma calcinha bem pequena, uma míni saia, um top e desci para sala...

Pensei que titio iria babar quando me viu.... Sentei-me ao seu lado, eu disse que adorava o filme que estava passando, percebi que ele não parava de me olhar pelo canto dos olhos.... Mas não tomava iniciativa.... Como ele demorava pra tomar atitude, comecei a alisar suas pernas e a subir até chegar no seu pau e sobre a calça fui acariciando-o, a cara que ele fez não foi de surpresa, na verdade ele me olhou, fechou os olhos, jogou a cabeça para trás e gemeu, enquanto o acariciava começamos nos beijar, sem parar de beijá-lo, abri sua calça, fui descendo devagar e comecei a chupar se cacete era tão gostoso quanto o de papai, mas era mais grosso, titio estava ali jogado no sofá, segurando minha cabeça que ele forçava cada vez com mais força em direção ao seu pau, e eu gulosa como sempre, abocanhava aquele pau delicioso com vontade, ele sentido que ia chegar ao gozo me pediu para parar, pois não queria gozar na minha boca, claro que não parei e sua porra jorrou com força em minha boquinha, uns pingos até caíam em meus seios, enquanto eu sugava o resto de leitinho que ainda envolvia seu pau....

Quando eu levantei a cabeça vi papai parado na porta da sala nos olhando, fiquei sem reação e com medo, não sabia como papai iria reagir, mas ele foi logo dizendo:

-Não se preocupe filhinha nós dois armamos tudo, eu sabia que você tinha essa fantasia, e quando contei para seu tio sobre nós, ele disse que também era tarado por você, então não vimos problema algum em realizar seu desejo!!!

Respirei mais aliviada, mas fiquei com receio, pois fantasiar, era uma coisa, fazer era outra e se eu não desse conta...

Papai começou a me beijar e falou que quando eu estivesse à vontade, ai sim titio entraria na transa... Então pedi pra ele se sentar com o titio no sofá, e enquanto eu procurava uma musica legal pra tocar, ia pensando:

“Não posso deixar essa oportunidade passar, principalmente sendo os dois tão gostosos!”

Ao som de um musica bem dançante comecei a fazer um streep para os dois, fui tirando minha míni saia, os dois nem piscaram quando virão à calcinha minúscula que eu estava usando, desci até o chão com um rebolado bem safado, subi e virei de costa, tirei meu top, tampei meus seios com as mãos, virada para eles de novo desci mais uma vez e quando subi deixei meus seios a mostra, na hora que eu ia tirar a calcinha papai me puxou para frente dele, sua cabeça estava rente a minha barriga, e com sua boca puxou minha calcinha, que se rasgou com muita facilidade, sentei em seu colo, e enquanto ele dedilhava minha bucetinha carnuda e depiladinha, titio sugava meus peitos, fui para o colo do titio, seu pau já estava duro novamente e sem cerimônia sentei em seu cacete com vontade deitei um pouco para o lado e abocanhei o pau de papai, estava me sentindo muito poderosa, saciando dois homens ao mesmo tempo, mas e eu queria mais, queria fazer como nos filmes um na bucetinha e outro cuzinho...

Então pedi para o papai:

-Vem paizinho, levanta e enfia seu pau no meu cuzinho, quero sentir os dois dentro de mim...

Papai passou um pouco de cuspe em seu pau, e foi penetrando meu rabinho devagar, depois disso perdi a razão, fiquei alucinada, a sensação de ter dois homens te fodendo e indescritível e mandei-o socar com tudo....

Não sentia dor só tesão, e mandava-os meterem mais e mais rápido... Cada pau metia em sua velocidade, quando senti o orgasmo chegando, gozei junto com o titio, papai demorou um pouco ainda....

Mudamos as posições, dessa vez parecia que estávamos no mesmo ritmo, quanto mais aumentava a força das estocadas aumentavam mais eu gemia e gritava:

-Vamos seus safados , cachorros, me fode, me come...Aiiiii,hummmm....

Também escutava uns gemidos, só não sabia de qual dos meus homens vinha...

Gozamos os três juntos, senti aqueles dois garanhões me encherem de porra quentinha e descer pelas minhas pernas...

Ficamos assim os três juntinhos por um tempo...

Eu estava satisfeitíssima por ter realizado mais uma de minhas fantasias, com a pouca idade eu tenho, já realizei quase todas... Graças ao meu paizinho e meu titio....

 

 

Contos Relacionados

 

O Fode-me
Inicio
Contactos
Actualizações RSS
Termos & Condições
Política de Privacidade
Webmasters
No Telemóvel
Canais
Galerias de Sexo
Vídeos de Sexo Grátis
TV Fode-me
Fórum de Sexo
Revista Fode-me
Jogos de Sexo
Contos Eróticos
Links de Sites
Webcams
Zona de Humor
Outros Sites
Videos de Sexo
Peidos da Cona
Galerias do Ama-me
Sexo Gay
Famintas
Saúde Sexual
Top Sites
Prog. Afiliados
Início  -  Topo
© Copyright 2000-2014 Fode-me.com
RSS: Actualizações do Fode-me